sábado, 30 de agosto de 2008

Rosa Bebê


Sabe o rosa? O rosa-bebê. Aquela corzinha delicada, carinhosa, acarinhante e quase sempre confortável? Pois é... Eu adoro o rosa-bebê. Me trazem tão boas lembranças. Foi regado à rosa-bebê que passei os melhores momentos de que me lembro. O rosa-bebê me pegou no colo quando nasci, o rosa-bebê me transformou num homem adulto, o delicado rosa-bebê que dormia quando eu fazia cafuné nele.
O rosa-bebê que me trazia tanta felicidade hoje completaria 82 anos. Completaria se não tivesse falecido 11 dias atrás, com 81.
Minha avó morreu de osteoporose em alto grau, o que causou uma parada cardíaca. Mas sabe do que? Ela está viva, mais viva que nunca, na minha memória, no meu coração, nos meus sentimentos, em cada letra que escrevo e em cada ato que pratico.
Foi minha avó, quem vi chorar pela primeira vez em março de 2007, quando ela estava pronta para me perdoar de qualquer idiotice que eu tivesse feito, mesma avó que vi se acabar de chorar quando, em 7 de março, meu avô morreu, e mesma avó que vi lutar para ficar viva durante todo esse mês qu passou, e acabou partindo. Essa avó é a mesma do imenso coração, é a mesma do imenso perdão, é a mesma da imensa força, é mesma que dedicou mais da metade da sua vida às outras pessoas, à uma casa de apoio que hoje leva seu nome, "Erosilda Mota", e que cuida de mulheres com câncer. Aliás, minha avó era forte o bastante para aguentar um câncer.
Foram quase 50 anos de voluntariado, quase 60 anos de casamento, quase 82 anos de vida. Tanto quase, mas que valem muito mais que 50, 60 e 82 anos completos.
Vó, te amo para sempre, herdo de ti todos os sentimentos bons que possuo. Feliz aniversário.

1 arquitetura(s) alheia(s):

erika disse...

Sabe. não sei oq dizer, qualquer coisa seria pouco...O texto está lindo, e se no céu tiver internet, tenho certeza que ela estará toda feliz...beijos!

Design by Dzelque Blogger Templates 2008

Arquiteto de Emoções - Design by Dzelque Blogger Templates 2008