quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Devaneios no escuro


Penso a noite sobre como vai ser o dia seguinte, tento especular sentado à beira do colchão macio, ou nem tão macio assim.
Penso na manhã. No que eu deveria comer, tristes ovos ou amargas bolachas? Leite azedo ou suco azedo?
Penso em que roupa vestirei, se um macacão folgado e velho, marcado de más experiências, ou se uma bermuda e camisa manchados de sangue.
Penso sobre o que farei pela manhã e decido que ainda seria muito cedo para "fazê-lo".
Penso no almoço: carne com veneno e arroz estragado? Pratos de porcelana para cortar os pulos ao quebrar ou de metal para bater na cabeça até quebra-la?
à tarde durmo para não "fazê-lo", ainda seria muito cedo.
à noite sim, depois de jantar um sanduíche frio e ensosso, sentarei na cama e pensarei se já foi tempo suficiente para "fazê-lo", ou se vale a pena pensar no dia seguinte.

7 arquitetura(s) alheia(s):

- Estrangeira disse...

puta q pariu, dudu... a cada texto q leio teu, é uma viagem... me transporto pro filme... eu presenciei tudo... eu tava lá. Eu vi! Muito bom mesmo.
Esse texto ficou muito bem escrito assim como a do sonhei..


eu já cansei de verdade de pensar...
nao chega horas assim, à noite... q já chega de tanto pensar no q aconteceu hj e no q poderia ser o amanha..?! cansa.. pq a alma está cansada.. e a coisa mais facil seria a morte. e um dia... ate de esperar a m,orte, ficarás cansado..
e o q fazer no proximo instante?!

- Estrangeira disse...

ixi... vou buscar uma musik pra ti...

- Estrangeira disse...

O Velho E O Moço
Los Hermanos
Composição: Rodrigo Amarante

Deixo tudo assim.
Não me importo em ver a idade em mim,
Ouço o que convém.
Eu gosto é do gasto.

Sei do incômodo e ela tem razão
Quando vem dizer que eu preciso sim
De todo o cuidado.

E se eu fosse o primeiro
A voltar pra mudar o que eu fiz.
Quem então agora eu seria?

Ahh tanto faz! E o que não foi não é,
Eu sei que ainda vou voltar... Mas, eu quem será?

Deixo tudo assim, não me acanho em ver
vaidade em mim.
Eu digo o que condiz.
Eu gosto é do estrago.

Sei do escândalo e eles têm razão.
Quando vem dizer que eu não sei medir,
nem tempo e nem medo.

E se eu for o primeiro
a prever e poder desistir do que for dar errado?

Ahhh, ora, se não sou eu quem mais vai decidir
o que é bom pra mim?
Dispenso a previsão.

Ahhh, se o que eu sou é também
o que eu escolhi ser aceito a condição.

Vou levando assim.
Que o acaso é amigo do meu coração
Quando falo comigo, quando eu sei ouvir...

- Estrangeira disse...

Sapato Novo
Los Hermanos
Composição: Marcelo Camelo

(...) – bem, como vai você? levo assim, calado
de lado do que sonhei um dia
como se a alegria recolhesse a mão
pra não me alcançar

poderia até pensar que foi tudo sonho
ponho meu sapato novo e vou passear
sozinho, como der, eu vou até a beira
besteira qualquer nem choro mais
só levo a saudade morena
e é tudo que vale a pena (2x)

- Estrangeira disse...

Dois Barcos
Los Hermanos
Composição: Marcelo Camelo

Quem bater primeira dobra do mar
Dá de lá bandeira qualquer
Aponta pra fé e rema

É, pode ser que a maré não vire
Pode ser do vento vir contra o cais
E se já não sinto teus sinais
Pode ser da vida acostumar

Será, Morena?
Sobre estar só, eu sei
Nos mares por onde andei
Devagar
Dedicou-se mais
O acaso a se esconder
E agora o amanhã, cadê?

Doce o mar, perdeu no meu cantar (x 2)

Só eu sei
Nos mares por onde andei
Devagar
Dedicou-se mais
O acaso a se esconder
E agora o amanhã, cadê?

- Estrangeira disse...

e o amanha cadê?!?!?1
tá láaaaaaaaaa
tá láaaaaaaa
a cada segundo q passa... tá lá...
a gente q tem q saber como aproveitar o tempo

falar realmente é facil
buscar saber viver é dificil..
pqqqqqqqq
PQ
a morte... é mais facil.

ImaGINE disse...

o amamnhã sempre vale a pen, só deixa ele rolar, nem precisa ficar pensando mto, acaba q td corre da maneira q deveria correr..

beeeeeeejos amado

Design by Dzelque Blogger Templates 2008

Arquiteto de Emoções - Design by Dzelque Blogger Templates 2008