sexta-feira, 21 de março de 2008

Aos dias.



Dedico-me aos dias que passam como uma rajada de vento. Dedico todo o meu torpor imaginária e toda a minha euforia projetada à esses dias. Desde de minha singela existência que os dias-rajadas são os mais importantes para mim.
Passam dias, horas, minutos, segundos, e só o que eu consigo lembrar são das rajadas.
Passam furacões, tempestades, rajadas, ventos e brisas, e só o que eu consigo me lembrar são dos dias.

Contraditório? Mas eu sou mesmo contraditório. O que eu posso fazer?!







(dedicado aos dias que passam como uma rajada de vento, como este, como o de ontem, como os de sempre)

4 arquitetura(s) alheia(s):

Srta Pecinha de Lego disse...

Odeio dias q passam rápido quando deviam passar devagar...

ps.: eu sei pq? rsrs

Ψ Ŧéfi disse...

A contradição é o resultado da nossa existência.

A tempestade devasta, bagunça. Mas nos deixa a oportunidade de montar novamente; recomeçar; construir.

Abraço

Luciana disse...

que liiindo. adoreii :)
beijoooos

Srta Pecinha de Lego disse...

quando vc volta a escrever?beijos...

Design by Dzelque Blogger Templates 2008

Arquiteto de Emoções - Design by Dzelque Blogger Templates 2008